Lula diz que não se pode permitir que Bolsonaro destrua a democracia

Em entrevista à rádio cearense, petista alerta que o presidente da República transformou os governadores em inimigos, ignora a gravidade da crise sanitária e ataca as instituições do país

Foto: Brasil 247

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) defendeu abertamente o afastamento do presidente Jair Bolsonaro do poder, diante do comportamento errático e irresponsável no enfrentamento da pandemia do coronavírus.

“É preciso começar o ‘fora, Bolsonaro’ porque não é possível a gente permitir que ele destrua a democracia”, disse Lula, em entrevista à rádio O Povo do Ceará.

Segundo o ex-presidente, a única coisa que o Bolsonaro não faz é dizer onde está o Queiroz e quem mandou matar a Marielle.

“A verdade é que o Bolsonaro não tinha condições de governar o Brasil em tempos de normalidade, quanto mais nessa crise”, afirmou.

Lula condenou a falta de cooperação entre Brasília e os estados, pela falta de sensibilidade do presidente da República.

“O problema do Bolsonaro é que ele não pensa em governar o país. Ele transformou os governadores de São Paulo, Rio de Janeiro e do Nordeste em inimigos”, condenou.

“Bolsonaro fala em preservar empregos, mas na prática manda medidas provisórias pra prejudicar os trabalhadores e retirar direitos.”

PT Nacional

Fonte: vermelho.org

Comentários

Deixe uma resposta