São Paulo rescinde contrato do goleiro Jean após agressão à esposa

Milena Bemfica postou um vídeo em suas redes sociais denunciando a agressão: ‘Alguém me ajude. Jean acabou de me bater’

Foto: R7

 

O São Paulo Futebol Clube decidiu rescindir o contrato do goleiro Jean, preso nos Estados Unidos nesta quarta-feira 18 acusado de agredir a esposa, Milena Bemfica, num quarto de hotel em Orlando.

A decisão foi tomada horas depois da prisão do atleta. O caso ganhou notoriedade quando a esposa do goleiro utilizou sua conta no Instagram para denunciar a agressão. “Eu tô aqui, em Orlando, e olha o que Jean acabou de fazer comigo. Alguém me ajude. Jean acabou de me bater”, diz ela em um dos vídeos.

Na ficha registrada no sistema do Departamento de Correções do Condado de Orange, na Flórida, consta que Jean foi preso e pré-sentenciado por violência doméstica.

O documento traz o relato de um policial sobre o episódio com base nas declarações de Milena. Ela contou que a discussão aconteceu de madrugada no quarto do hotel e que Jean a agrediu com socos no rosto.

Ameaça

Em outro vídeo, a esposa de Jean pede justiça, e é possível escutar uma voz masculina ao fundo, sugerindo que ela se preocupe com o futuro das filhas. “Jean, goleiro do São Paulo. Olha o que ele fez comigo. Eu quero justiça”, diz Milena.

A esposa do goleiro também publicou uma imagem de um diálogo que teve com o jogador. Nele, Jean diz que Milena terminou com sua carreira e afirma que as filhas vão “passar fome”.

Fonte: Carta Capital

Comentários

Deixe uma resposta