Resistência: Julian Assange teve 2 filhos enquanto viveu na embaixada do Equador

O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, teve dois filhos com um de seus advogados enquanto estava na embaixada do Equador em Londres durante grande parte da década passada, informou um relatório no domingo.

Foto: Brasil de Fato

O australiano de 48 anos de idade é supostamente pai de dois meninos – de dois e um anos – nascidos da advogada sul-africana Stella Morris, informou o The Mail on Sunday .

O jornal publicou a reportagem ao lado de fotografias de Assange com as crianças e de uma entrevista com Morris, que disseram que “se apaixonaram” e planejavam se casar.

O casal está noivo desde 2017, de acordo com o jornal, que afirmou ter aprendido sobre as revelações em documentos judiciais vistos na semana passada.

Assange está detido na prisão de alta segurança de Belmarsh, em Londres, enquanto luta contra um pedido de extradição dos Estados Unidos para ser julgado por acusações de espionagem.

Mail, no domingo, disse que Morris escolheu revelar o relacionamento e a existência de seus filhos porque “ela teme que a vida de Assange esteja em sério risco se ele permanecer em Belmarsh”, devido à disseminação do coronavírus.

Morris quer que o ex-hacker libertado sob os planos do governo britânico permita ao permitir libertação temporária de alguns prisioneiros, em meio a temores de que o Covid-19 possa varrer as prisões.

Mas Assange não foi bem sucedido no mês passado em uma oferta de fiança com base no risco de pegar o vírus, com um juiz britânico dizendo que “não há motivos” para sua libertação. Leia a matéria completa no SCMP.

Fonte: O Cafezinho

Comentários

Deixe uma resposta