Damares anuncia aplicativo para denúncias de violência contra a mulher

Ministra apontou aumento de agressões a mulheres em período de confinamento

Foto: Reprodução da internet

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, anunciou a criação de um aplicativo de celular para recolher denúncias de violência contra a mulher e demais violações. Segundo Damares, um site entra no ar nesta quinta-feira 2, e em dois dias o aplicativo estará disponível gratuitamente em plataformas digitais.

Segundo dados do Ministério, a quarentena recomendada por governadores e prefeitos, para conter o coronavírus, provocou um aumento de quase 9% no número de ligações para o canal que recebe denúncias contra a mulher. Entre 1 e 16 de março, foram 3.045 ligações recebidas e 829 denúncias registradas. Posteriormente, entre 17 e 25 de março, o índice subiu para 3.303 ligações e 978 denúncias.

Damares afirmou que o confinamento obriga vítimas a conviverem com seus agressores por longos períodos. No entanto, as mulheres ficam mais acuadas em efetuar a denúncia se tiverem que sair de casa para a delegacia ou falar ao telefone. Portanto, a expectativa é de que o registro online facilite o processo. O disque 180 segue disponível para denúncia. Os canais foram ampliados e estarão em atividade por 24 horas, em todos os dias da semana.

Há ainda a preocupação com os abusos sexuais, em especial, contra crianças, tendência observada por Damares no exterior. O disque 100 também recebe estas informações. Outra ação da pasta voltada para crianças é o lançamento de uma cartilha para prevenção de acidentes domésticos. Segundo ela, mais de 2 mil crianças morrem por ano por acidentes em casa, e no período de isolamento o índice pode subir.

Fonte: Carta Capital

Comentários

Deixe uma resposta