Lula pede atos no lançamento da pré-candidatura no próximo domingo (27)
Foto: CUT

Lula pede atos no lançamento da pré-candidatura no próximo domingo (27)

“Pouco importa se em cada ato tenha 10 ou 500 pessoas. O importante é o somatório em todo o Brasil para deixar claro que o presidente Lula é o nosso candidato”, disse Wadih Damous após visita a Lula

Foto: CUT

 

O deputado federal Wadih Damous (PT-RJ), após visitar o ex-presidente Lula nesta segunda-feira (21), na sede da Polícia Federal em Curitiba, onde ele é mantido há 44 dias como preso político, disse que Lula confirmou o lançamento de sua candidatura à Presidência da República paro o próxima domingo (27) e pediu para que fossem realizados atos “em cada cidade brasileira onde o PT está organizado”.

“Pouco importa se em cada ato tenha 10 ou 500 pessoas. O importante é o somatório em todo o Brasil para deixar claro que o presidente Lula é o nosso candidato”, afirmou.

Segundo Damous, que foi autorizado a realizar visitas ao ex-presidente na condição de seu advogado, é necessário organizar as mobilizações como forma de reforçar o lançamento da pré-candidatura de Lula e confirmar que ele é definitivamente o candidato do PT.

Foto: Reprodução da Internet

“Ele deixou claro que será candidato pelo Partido dos Trabalhadores e quer ver o seu direito de concorrer, já que ele é o preferido da grande maioria do povo brasileiro”, completou o parlamentar, referindo-se às pesquisas de intenção de voto, que apontam Lula como favorito e até mesmo com chances de vencer no primeiro turno.

A orientação e o relato sobre a visita foram transmitidos aos militantes do Acampamento Marisa Letícia, nos arredores da sede da PF, logo que o deputado saiu da visita. Segundo ele, Lula “está bem abrigado, bem agasalhado, tem praticado exercícios, e está bem humorado. Agora, é claro, ele está indignado com essa perseguição que se abate sobre ele, todos os dias, por parte do Judiciário brasileiro.”

Para o advogado, a indignação do ex-presidente é pelo fato de que “eles foram muito rápidos em condenar, mas os recursos que o presidente Lula interpôs para o STJ e STF não andam, ficam engavetados lá no TRF-4, prejudicando a sua tentativa de se defender e mostrar que é inocente.”

(mais…)

0 Comentários