Servidores de MG têm contas bloqueadas em bancos devido ao atraso do 13º

Por não receberem o 13º, servidores que têm dívidas com bancos tiveram suas contas bloqueadas. O governo Zema complica a vida dos trabalhadores para seguir usando o atraso como chantagem para impor a privatização do nióbio.

Foto: G1

Vários servidores públicos de MG denunciaram que tiveram suas contas bloqueadas por bancos, devido ao atraso do pagamento do 13º pelo governo de Romeu Zema (NOVO).

As dívidas geradas pelo atraso no pagamento complicam ainda mais a vida dos servidores, que já recebem salário atrasado e parcelado todos os meses, além de insuficiente em seu valor. São cobrados juros pelos bancos, multas em contas de água, luz, aluguel.

Um dinheiro que não é reembolsado pelo governo que atrasa suas obrigações com os servidores. Enquanto isso, os auxílios fiscais a grandes empresas e mineradoras continuam, no valor de 13 bilhões ao ano, e o governo se empenha em facilitar a vida dos grandes empresários.

A mais nova medida do governo estadual é a privatização do nióbio, entregando a riqueza natural do estado nas mãos de grandes empresas, que já mostraram reiteradamente, com os crimes da Vale e Samarco, que não se importam com os trabalhadores nem com o meio ambiente.

É preciso lutar pelo pagamento imediato do 13º de todos os servidores do estado de MG e cobrir de solidariedade a importante greve dos trabalhadores da saúde, que já estão enfrentando o governo Zema.

Fonte:Esquerda Diario

Comentários

Deixe uma resposta

Fechar Menu