Mulheres dos blocos de carnaval puxam protesto em BH

Manifestação, que começou na Praça Sete, segue até a Praça da Estação

foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press

O movimento Mulheres contra Bolsonaro que, por meio da hashtag #EleNão reuniu apoiadores nas redes sociais do Brasil e do mundo, protesta hoje (29)  nas ruas de várias cidades. Em Belo Horizonte, manifestantes contrárias à candidatura de Jair Bolsonaro (PSL) à Presidência da República se concentraram a partir das 12h na Praça Sete, Centro da capital mineira. Mas foi somente por volta das 14h30 que as ruas no entorno começaram a ser tomadas. O ato conta com o apoio dos blocos de carnaval. A manifestação já chegou à Praça da Estação.

O movimento reúne mulheres de todas as idades e classes sociais. No grupo, há muitas mães e filhos que seguem na frente de um trio elétrico. A cantora Aline Calixto foi uma das puxadoras de samba do percurso.

“Não temos partido político. Não temos candidato preferido. Nosso voto é contra o Bolsonaro”, escreveram em uma das faixas que se destacam na multidão.
foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press
“Eu tô aqui porque ele é machista, racista, homofóbico e não merece representar o Brasil”, disse Nádia Barbosa, de 30 anos.
A avenida Afonso Pena, no sentindo da rodoviária, foi fechada para a manifestação. A avenida Amazonas também foi tomada pelo protesto. A Guarda Municipal e a Polícia Militar (PM) acompanham o ato. 

De acordo com a PM não foi registrada nenhuma ocorrência de destaque. Corporação não divulgará estimativa de público.

Fonte: Estado de Minas

Comentários

Deixe uma resposta