Moro depõe à PF hoje sobre as acusações contra Bolsonaro

O ex-ministro acusou o presidente de tentar intervir politicamente na Polícia Federal e em suas investigações

Foto: Portal Paraná

O ex- ministro Sergio Moro prestará depoimento à Polícia Federal neste sábado 2, em Curitiba, para falar sobre as acusações que fez contra o presidente Jair Bolsonaro ao sair do governo. Moro acusou o presidente de tentar intervir politicamente na Polícia Federal e em suas investigações, o que não é permitido por lei.

Além dos integrantes da PF, três procuradores da República acompanharão o depoimento, que foi marcado após o ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal,  dar o prazo de cinco dias para a corporação ouvir o ex-ministro.

Moro tinha  dito, em entrevista à Revista Veja, que apresentaria provas de suas acusações contra Bolsonaro. Segundo ele, o presidente tinha interesses pessoais em afastar Maurício Valeixo do comando da Polícia Federal e colocar Alexandre Ramagem no posto, amigo da família Bolsonaro. Carlos Bolsonaro é investigado pela PF sob suspeita de articular esquema de disseminação em massa de informações falsas.

Ramagem chegou a ser nomeado para o cargo, mas o ministro Alexandre de Moraes, do STF, suspendeu a indicação por entender que não observava os princípios da impessoalidade e da moralidade pública.

Fonte: Carta Capital

Comentários

Deixe uma resposta