Isolamento social contra coronavírus tem apoio de 76%, revela Datafolha

O resultado é o contrário do que tem defendido o presidente Jair Bolsonaro perante a crise do coronavírus

Foto: O Tempo

Ao contrário do que vem defendendo o presidente Jair Bolsonaro, a maioria da população brasileira defende o isolamento social no combate ao novo coronavírus. Foi o que mostrou a pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira 6.

Para 76% dos entrevistados o isolamento decretado nos estados e municípios do Brasil devem continuar e as pessoas devem ficar em casa. Apenas 18%  têm a visão contrária, de que é mais importante acabar com o isolamento para estimular a economia. 6% não souberam responder.

O apoio a que as pessoas fiquem em casa é maior no Nordeste, onde Bolsonaro historicamente tem menor popularidade. São 81% os favoráveis na região, governada em sua maioria por políticos de esquerda.

No Sul, reduto do presidente, 70% defendem que as pessoas não saiam de casa para trabalhar, menor índice entre as regiões do país.

Já sobre o comércio não essencial, 65 % acreditam que deve se manter fechado; 87% defende que as aulas continuem suspensas e 71% são a favor do governo proibir as pessoas de saírem para as ruas. ,

Foto: Carta Capital

Os entrevistados também não parecem muito confiantes de que as restrições serão levantadas logo. Em média, os pesquisados acreditam que as medidas de isolamento vão durar mais 29 dias. Mas o ideal, dizem os entrevistados, é que a situação atual se mantenha por um período até um pouco maior, de 32 dias em média.

Foram ouvidas 1.511 pessoas entre 1 e 3 de abril.

Fonte: Carta Capital

Comentários

Deixe uma resposta