Criticas de Faustão gera polêmica entre os exércitos bolsominions

O clã Bolsonaro e seu exército de Bolsominions abrem guerra contra o jornalismo: “Alguns da imprensa estão revoltados porque Bolsonaro não os dá bola! Que tenham a liberdade, assim como qualquer um pode ignorar quando há uma clara tentativa negativa de manipulação! Creio que terão que se acostumar com as redes sociais pois evitam distorções!”

Foto: Imprensa Viva

Carlos Bolsonaro, o mais agressivo filho do presidente e voz onipresente na comunicação da campanha eleitoral e agora do governo, criticou a imprensa, após o apresentador Fausto Silva, o Faustão, falar contra “o imbecil que está lá” (aqui). O apresentador não identificou claramente a quem se referia -nas redes sociais, entretanto, a leitura corrente é de que ele referia-se a Bolsonaro. Carlos Bolsonaro contra-atacou num texto de redação incerta: “Alguns da imprensa estão revoltados porque Bolsonaro não os dá bola! Que tenham a liberdade, assim como qualquer um pode ignorar quando há uma clara tentativa negativa de manipulação! Creio que terão que se acostumar com as redes sociais pois evitam distorções!”, tuitou na manhã desta segunda (7).

“Será que vai sair na bobo? Têm muitos ‘famosos’ e ‘letrados’ tremendo porque usam e abusam do dinheiro público desnecessariamente ou ‘oportunamente’!”, havia afirmado no twitter um pouco antes o próprio Carlos Bolsonaro, comentando um ataque do pai ao BNDES na mesma rede social.

O filho do presidente coordena a estratégia digital do pai e dois ex-assessores do vereador deixaram o seu gabinete, no Rio, e passarão a dar expediente no Planalto: Tercio Arnaud Tomaz e José Matheus Sales Gomes, informou a colunaBR18.

Fonte: Brasil 247

Comentários

Deixe uma resposta