Brasileiros aguardam a saída de Lula em Curitiba e em São Bernardo

Na noite deste domingo (08), apoiadores de Lula e movimentos sociais aguardam ansiosamente a saída de ex-presidente do prédio da Polícia Federal em Curitiba e também em frente ao Sindicato dos Metalúrgicos em São Bernardo (SP). Os dois atos estão lotados e, de acordo com informações dos Jornalistas Livres, o ex-presidente já está fazendo o exame de corpo de delito.

 

Foto: Midia Ninja

O desembargador Rogério Favreto, plantonista do TRF-4, pediu no final da tarde deste domingo que os autos do processo sejam remetidos novamente para ele. Já que, segundo determinação, quem decide durante o plantão é o desembargador plantonista. Com isso, ele determina que Lula seja solto em no máximo uma hora e caso haja descumprimento, ocorrerá “desobediência de ordem judicial”.

Em despacho publicado às 16h12, o desembargador Favreto exigiu que os processos sobre a soltura do ex-presidente Lula voltem para ele, já que o desembargador plantonista é o responsável pelas decisões durante o plantão.

Em documento, o desembargador reitera a decisão sobre a soltura de Lula e e exige que ele saia da prisão em no máximo uma hora. Caso haja descumprimento, ocorrerá “desobediência de ordem judicial”.

Segundo o despacho, “o conteúdo das decisões anteriores (Eventos 3 e 10), determinando o imediato cumprimento da medida de soltura no prazo máximo de uma hora, face já estar em posse da autoridade policial desde as 10h, bem como em contando com o delegado plantonista foi esclarecida a competência e vigência da decisão em curso”.

Confira abaixo trecho do documento:

 

Fonte:Vermelho.org

Comentários

Deixe uma resposta

Fechar Menu