Agroecologia e Democracia: campo e cidade juntos

O IV Encontro Nacional de Agoecologia teve abertura oficial Político Cultural ontem (30) às 19 horas no Parque Municipal de Belo Horizonte

Com o lema “Agroecologia e Democracia: unindo o Campo e a Cidade”, o ENA reuniu mais de 2 mil pessoas. Com apresentações musicais de grupos indígenas e quilombolas e a espiritual das benzedeiras, o evento trás à Belo Horizonte a celebração  da chegada de diversos povos e pessoas de diferentes regiões do Brasil e da América Latina, que constroem a Agroecologia no Brasil, suas lutas e resistências sociais, políticas, econômicas e culturais, a Abertura aconteceu na Tenda 22 do Parque Municipal, uma vivência coletiva das manifestações tradicionais desses povos. Muito mais do que apresentações artísticas, são afirmações das lutas, resistências e anúncios. Dentre as principais referências estão as culturas dos povos afro e indígenas e os saberes e fazeres dos povos da floresta, do mar, do sertão, da cidade e do campo. A 3ª edição do ENA, aconteceu em 2014 em Juazeiro – BA.

Agroecologia é a possibilidade de repensar o poder da indústria farmacêutica

Um dos espaços mais procurados do IV Encontro Nacional de Agroecologia é a tenda da saúde. Além das práticas terapêuticas e da fitoterapia a tenda oferece um debate sobre plantas medicinais, práticas esportivas e prevenção em saúde. A tenda fica no Parque Municipal no Centro de Belo Horizonte.

Sem Feminismo não há Agroecologia

Abrindo os trabalhos do IV ENA, em que pelo menos 50% do público é feminino, a Plenária das Mulheres discute a participação delas nos espaços de discussão do Encontro, usando a metodologia do Rio da Vida das Mulheres, que resgata a contribuição feminina e feminista na construção da agroecologia ao longo das últimas décadas. Com o grito uníssono “Sem feminismo não há agroecologia!”, a linda plenária que reúne mulheres de todas as regiões do país, etnias e identidades. A revolução agroecológica virá pelo ventre!

A importância da Agroecologia

A agroecologia pode ser definida como o estudo da agricultura a partir de uma perspectiva ecológica. Trata-se de um tipo de prática agrícola que prioriza a utilização dos recursos naturais com mais consciência, respeitando e mantendo o que a natureza oferece ao longo de todo o processo produtivo, desde o cultivo até a circulação dos produtos.

Green plant in a child hands on natural background

A agroecologia é uma alternativa para reduzir os problemas gerados pelo modelo tradicional de agricultura, que causa a diminuição da biodiversidade, apresentando opções sustentáveis para que a terra continue sempre produtiva.

Comentários

Deixe uma resposta

Fechar Menu