Rock in Rio: Lellê e Blaya abrem festival com homenagem à Marielle

Ex-vocalista do Dream Team do Passinho, a cantora também defendeu a liberdade do DJ Rennan da Penha, preso em abril

Foto: Metrópoles

s cantoras Lellê e Blaya foram contra as recomendações da organização do Rock in Rio, que pede aos artistas para não se manifestarem politicamente, e abriram o primeiro dia do festival, nesta sexta-feira (27/09/2019), com uma homenagem à vereadora Marielle Franco.

No palco Sunset, a ex-vocalista do grupo Dream Team do Passinho, iniciou o show com a imagem e fala de Marielle. “Não serei interrompida. Não aturarei o interrompimento de quem não sabe respeitar a posição de uma mulher eleita”. Com punhos erguidos, a funkeira instigou a plateia. “Eu tenho essa responsabilidade como mulher preta e favelada”, afirmou Lellê. A carioca defendeu, ainda, a liberdade DJ Rennan da Penha, preso em abril.

Palco Sunset

Menos badalado que o Palco Mundo, o espaço terá o pop do britânico Seal – de sucessos como “Kiss From a Rose” e “Crazy” – com o ecletismo da baiana Xenia França. Mano Brown, líder dos Racionais MC’s, fará dueto com o lendário baixista norte-americano Bootsy Collins. Karol Konka dividirá a cena com Linn da Quebrada e Gloria Groove para mostrar o som que tem despontado nos últimos tempos. Já a novata Lellê promoverá seu encontro musical com a cantora Blaya, brasileira radicada em Portugal´, ex-integrante do Buraka Som Sistema.

Fonte: Metrópoles

Comentários

Deixe uma resposta

Fechar Menu