População do Serro contra a abertura de mina da Herculano

População de Serro e militantes de movimentos sociais se mobilizam contra a instalação da mineração predatória de vidas e do meio ambiente

Foto: Facebook

projeto de mineração no Serro, centro-nordeste de Minas Gerais, segue ainda em um impasse. Nesta quarta (19), está agendada para as 9h mais uma reunião do Conselho Municipal de Meio Ambiente (Codema), em que vai se discutir a declaração de conformidade do empreendimento – espécie de documento que autoriza o início da exploração minerária.

O assunto é pauta do Codema desde o ano passado, segundo Marcelo Mesquita Machado, que é conselheiro, representante da sociedade civil. Ele conta que, inicialmente, a empresa realizou um contato informal com o Conselho para aprovar a declaração de conformidade. Na época, estava sendo votado na Câmara Municipal um novo plano diretor da cidade. O plano considerava a área da mina como manancial hídrico, o que impede o empreendimento.

“Na verdade, é um aquífero invejável que o Serro tem e está abrindo mão. A partir do interesse da mineração, a Câmara recuou, o prefeito recuou e engavetaram o projeto do novo plano diretor”, lamenta Marcelo. Na opinião do conselheiro, o plano diretor antigo, que ainda está em vigência, é “frágil” e abriria mais possibilidade de aprovar a atividade da Herculano.

Comunidades ameaçadas pela mineração no Serro se mobilizam em apoio à decisão da atual presidente do Conselho de Meio Ambiente, Vanessa de Fátima, que anulou a declaração de conformidade para a empresa Herculano Mineração se instalar no território.

A reunião do Codema acontecerá no salão da Prefeitura Municipal

Mineração? Aqui não!

Por um país soberano e sério, contra o saque dos nossos minérios! @ Sêrro, Minas Gerais, Brazil

Fonte: com informações do Brasil de Fato/MAM

Comentários

Deixe uma resposta

Fechar Menu