Mulheres ocupam a cidade administrativa contra a omissão ao enfrentamento a violência de gênero

Mulheres ocupam a cidade administrativa contra a omissão ao enfrentamento a violência de gênero

Foto: Facebook

No dia 01 de Agosto várias mulheres lutadoras, juntamente com o Movimento de Mulheres Olga Benario e o MLB (Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas) fizeram uma ocupação na Cidade Administrativa com objetivo de chamar a responsabilidade do Governo do Estado sobre o crescente aumento da violência contra as mulheres em Minas Gerais, exigir mais investimento na política de enfrentamento a essa violência que só em 2017 matou 433 mulheres.

Com a ação, conseguimos restabelecer a mesa de negociação sobre a Ocupação de Mulheres Tina Martins que estava suspensa desde 2016. Mesa responsável por dialogar sobre os conflitos entre o Movimento e o Estado. A reunião elencou as pautas que o movimento deseja tratar como à ameaça de DESPEJO da CASA TINA MARTINS, o não corte do fornecimento da agua e luz, o não pagamento da emenda parlamentar dedicada as políticas públicas para mulheres e os reparos estruturais da casa.

Firmado em ata a reunião está agendada para o próximo dia 08, com convocação dos órgãos institucionais envolvido nas políticas de estado e nas pautas de enfrentamento a violência.

NÃO VAMOS ACEITAR SER DESPEJADAS!
#ResisteTina #Paraiba641
Pela Permanência da Casa Tina Martins
Pelo pagamento da Emenda da Casa Tina Martins!
Pelo fim da violência contra as mulheres!

Movimento de Mulheres Olga Benario e Casa de Referência da Mulher Tina Martins.

Fonte: com informações de https://www.facebook.com/casatinamartins/posts/2446008592092555

Comentários

Deixe uma resposta

Fechar Menu