Descaso da Prefeitura de Belo Horizonte à Ocupação Izidora

Moradores da Ocupação Izidora (Rosa Leão, Vitória e Esperança) na área da Região Norte de Belo Horizonte estão desde terça-feira pela manhã acampando em frente à sede da Prefeitura de BH.

O grupo reivindica saneamento básico, reunião entre as lideranças das ocupações e a prefeitura para avançar na regularização dos terrenos, o qual o Prefeito Alexandre Kalil (PHS) prometeu durante sua campanha resolver os problemas de mais de 30.000 pessoas que atualmente moram na Ocupação.

A situação hoje
As Ocupações estão sem água e luz, e não podem restabelecer o fornecimento devido a trâmites legais junto à Cemig e Copasa. Trâmites estes que o Prefeito com uma caneta poderia os resolver. Há ainda a promessa de desalojamento das mais de 9 mil famílias que moram lá por meio de reintegração de posse.

O governo tem se mostrado intransigente ao não querer receber a liderança, utilizando a tropa de choque da Polícia Militar, que com truculência prometeu retirar os manifestantes à força. Os ocupantes seguem acampados por mais de 24 horas.

Crédito/Fotos: Edinho Vieira

Comentários

Deixe uma resposta

Fechar Menu